Mexa-se para reduzir o risco de desenvolver doenças crónicas

8782

Para além dos já bem conhecidos benefícios de manutenção de peso e de ajudar a manter a força, equilíbrio e flexibilidade, o exercício regular pode também ajudar a reduzir a ocorrência de diversas doenças crónicas, como a diabetes, o cancro da mama e doenças cardíacas.

Um estudo descobriu que a atividade física regular estava associada a uma redução de 75 % do risco para o cancro da mama, 49% para doenças cardiovasculares e do coração, 35% para a diabetes e 22% para o cancro colo-rectal. [1] Para as pessoas que já sofrem de uma doença crónica, também é importante a prática de exercício algumas vezes por semana, visto que a atividade física regular ajuda a gerir os sintomas e a melhorar a saúde em geral. Leia em baixo como o exercício físico pode ajudar na prevenção e tratamento de algumas das doenças crónicas mais comuns. Diabetes A investigação mostrou Leia mais

A Best Doctors ajuda a salvar a visão de Clive e a controlar a sua condição

Clive, Membro da Best Doctors

Nome: Clive

Idade: 56 anos Razão pela qual contactou a Best Doctors: Procura aconselhamento sobre diagnóstico e prognóstico, após perda de visão periférica

Especialistas da Best Doctors: Oftalmologia

“Estou muito agradecido por tudo o que a Best Doctors fez por mim, pois acredito realmente que salvaram a minha visão.”

O Clive levava uma vida saudável e tinha uma carreira que o satisfazia numa prestigiada empresa de gestão de investimentos. Como a maioria das pessoas, o Clive é míope e em 2013 foi submetido a uma cirurgia de catarata que foi um sucesso e cuja recuperação ocorreu sem complicações. Contudo, em 2015, o Clive desenvolveu um descolamento do vítreo posterior (DVP) agudo no seu olho direito causado pela separação do vítreo da retina. O descolamento do Clive foi agravado por uma rutura retiniana superior em forma de ferradura, também conhecida como aba ou rutura em U, um defeito de espessura total Leia mais

RESISTÊNCIA AOS ANTIBIÓTICOS: UMA DAS GRANDES AMEAÇAS À SAÚDE GLOBAL E AO DESENVOLVIMENTO

Antibióticos e um copo de água

Os antibióticos são um milagre da medicina moderna, contribuindo para o controlo de doenças infecciosas e salvando inúmeras vidas.

Mas o seu uso em demasia gerou um problema global. O abuso destes medicamentos por profissionais de saúde e doentes tem acelerado o ritmo a que cresce a resistência aos antibióticos, uma das grandes ameaças à saúde global e ao desenvolvimento.

É forçoso que os profissionais da indústria dos cuidados de saúde e os doentes colaborem para conter este problema crescente. Para os profissionais de saúde, isto implica sensatez na hora de prescrever e fornecer antibióticos. No que toca aos indivíduos, isto significa ajudar a prevenir a infecção através de uma série de medidas (como as vacinas e a lavagem regular das mãos), ao mesmo tempo que usam antibióticos de forma responsável. As repercussões da resistência aos antibióticos são amplas – uma menor capacidade de tratar a infecção e a doença no ser humano, nos animais e nas plantas pode levar ao Leia mais